Integrar visita o #OcupaMinc Santa Catarina

por Alan Carlos Ghedini

Na última sexta-feira, dia 10 de junho, o Projeto de Educação Comunitária Integrar esteve na ocupação do Ministério da Cultura, em Santa Catarina. Professores e estudantes, juntos, vivenciaram um ambiente de total pluralidade, democracia popular levada a efeito com a consciência de que a educação deve cumprir um papel de destaque na transformação, no rompimento da desesperança e da subserviência, a educação libertadora, educar para libertar.

No encontro, os professores do Integrar discutiram com estudantes a situação política atual de nosso país, pontuando elementos da história republicana brasileira, marcada por idas e vindas, permanências e rupturas da ordem democrática. Os professores Bruno, Kleicer e Thiago dialogaram com estudantes do projeto e da ocupação pontuando a urgência da participação nos processos políticos da Nação bem como o debate constante em torno da democracia, dos direitos e sobretudo dos acessos igualitários a todos.

Foi uma noite não só para discutir, não só para pontuar, mas um momento para contestar conscientemente, levantar a bandeira da democracia, popular, soberana. Foi decididamente um momento para uma verdadeira revolução de pensamento, a ruptura com o status quo e a denúncia responsável contra a quebra da ordem democrática. Foi o despertar das panelas que não batem, mas que, antes, cozinham, criam, reinventam, das panelas jamais ocas, jamais expostas nas sacadas, panelas simples, daquelas riscadas, usadas, panelas populares que juntas lutam por cear no banquete da democracia em que seremos, um dia, verdadeiramente republicanos, verdadeiramente públicos, sem donos, apenas públicos.

Foi numa sexta-feira, foi ocupando, foi dialogando, conscientes, professores, estudantes, brasileiros, integrados na certeza de que democracia, direitos e acessos não são palavras, são convicções pelas quais vale à pena se levantar, vale à pena ocupar.

 

IMG_20160610_193022

IMG_20160613_094450

Deixe uma resposta