Silvia Martins Tavares
Estudante de Letras Alemão

Oriunda de Joinville. estou cursando a quinta fase. Como acadêmica meu objetivo é buscar por uma profissão. qualificação. dignidade. melhores condições. afinal o mercado de trabalho é seletivo. Meu ingresso na UFSC foi uma meta adiada por muitos anos. Tive uma árdua trajetória repleta de extensas jornadas de trabalho. infortúnios devido à morte da minha mãe, que ocorreu aos meus 16 anos e a condição do meu pai como deficiente auditivo. de origem humilde. SilviaEstudei em escola pública a noite porque precisava trabalhar. Levava uma hora do meu trabalho até a escola. chegava em casa cansada, com fome e com pouco tempo para dedicar-me aos estudos. O longo percurso, o desemprego, a violência na escola por conta de estupro e de outros fatores me levaram ao afastamento da vida estudantil. Anos depois consegui um emprego e com meu primeiro salário me matriculei em um supletivo. Sabia que estudar seria a única possibilidade de mudar de vida, além de ser um sonho que tinha desde a infância. Foi assim que terminei o ensino médio. prestei vestibular para Economia, mas não passei. Não tinha condições de custear um curso pré-vestibular, e o sonho foi adiado novamente. Depois de muitos anos consegui um emprego em Florianópolis onde descobri um pré-vestibular gratuito. uma instituição repleta de pessoas solidárias. dedicadas à educação e com desejo de construir uma sociedade justa e igualitária. Foi no Integrar. que encontrei apoio e alento durante muitos anos, tentando. estudando, trabalhando e exaurida. Atualmente dentro da universidade, a luta pela minha permanência e formação é contínua. pois tenho despesas com xerox, livros. alimentação. eventos importantes que deixo de frequentar por falta de condições. A construção do meu curriculum também depende destes fatores. Mas estou perseverante e decidida que meu objetivo é concluir minha formação e obter uma profissão digna.