Israel Barbosa
Estudante de Serviço Social

Tenho 19 anos. Moro no município de São José com minha mãe e meu irmão mais novo. Logo depois de formado estava em minha que cabeça que eu tinha que começar um curso superior. mas eu pensei. como vou entrar em uma universidade sem uma preparação e também sem condição de bancar com as mensalidade de uma faculdade particular? Mesmo assim resolvi prestar o vestibular de inverno da UDESC.Israel Não consegui passar. Naquele mesmo dia encontrei uma conhecida que cursava o Integrar e ela sugeriu que eu me inscrevesse para fazer o semi-extensivo do Integrar. Logo quando abriram as inscrições lá fui eu fazer, consegui uma vaga para o semi-extensivo e fui estudando durante alguns meses até chegar o vestibular da UFSC. Era reta final, passei por vários problemas. meu pai foi hospitalizado com alguns diagnósticos e faleceu uma semana antes do vestibular da UFSC. Eu nem tinha ânimo algum para ir fazer a prova, mas minha mãe ali me incentivando: “estudasse esses meses pra não ir fazer a prova?”. Chegou o dia. fui fazer a prova e um mês depois saiu meu nome na lista: estava aprovado! Minha mãe ficou super feliz em saber que eu tinha passado pra UFSC. isso foi uma superação para mim. Também comecei a participar da GESTUS – faz pouco tempo ainda, mas mesmo assim estou bem empolgado com os projetos futuros que tem pela frente. Participei da horta comunitária, que curti bastante com o pessoal do Mutirão. Tenho dificuldades financeiras: como moro longe da UFSC, tenho gastos com transporte. xerox. entre outras coisas dentro da Universidade. Meu curso estou curtindo bastante e quero ser um estudante/profissional que possa estar fazendo a diferença.